Mostrando 49 Resultado(s)
Diário

O punheteiro.

Fiquei um pouco sem jeito no início. Ele falava pouco, se sentou num canto da cama e parecia estar aborrecido. Ficou um clima estranho, pediu para eu não me preocupar porque aquele era o seu jeito, e que eu não me preocupasse com a penetração. Tentei puxar um assunto e o tempo todo pensando como iria mudar aquele cenário. Até que tomei a decisão de me aproximar, comecei a tocá-lo,  ele se despiu, não pensei duas vezes e iniciei o oral. Foi assim meio mecânico mesmo, não tínhamos criado uma conexão para começar pelo beijo. …

Diário

O mineirinho safadinho

Ontem, sem querer, acabei postando esse relato. Sempre salvo primeiro, para depois fazer uma revisão antes de postar. As modificações foram feitas hoje. Homem sorridente, alto astral, me conquistou fácil. Adoro pessoas assim! Muitos beijos, me fez um oral perfeito, retribuí com mamadas gulosas e bem molhadas. Tentei fazer o beijo grego, mas estava muito peludo, minha língua não alcançou e também não insisti. Dica: Se não sabem, os pêlos podem cortar nossa língua. Não deixou que eu continuasse por muito tempo no oral, pois não queria ter o risco de queimar na largada. A …

Diário

O tímido do Park Way.

“Atrasado, mas não sonegado”. Chegou tímido, disse que tinha uma deficiência física e perguntou se eu me importava. Em nenhum momento imaginei que aquilo seria um problema. Já atendi cadeirante, quando é assim, só peço que me avise antes, para eu recebê-lo de uma forma apresentável, pois nesse momento eu não poderei ficar atrás da porta. Mas esse não era seu caso e também não vou entrar em detalhes. Se deitou, e aos poucos foi me dizendo o que queria, confessou ter aversão ao estímulo anal e explicou o motivo. O beijei, nem sei se …

Diário

O coroa comilão.

Primeiro dia de férias desse safadinho e decidiu começar o dia relaxando comigo. Optou pelo atendimento tradicional. Rolou no estilo namoradinho, nos beijamos, me fez um oral bem demorado e gostoso, foi difícil fazê-lo soltar meu grelo. Retribuí mamando muito seu pau. A foda foi demorada, variamos as posições, ele intercalava com movimentos lentos e acelerados. Me comeu o quanto pôde, mas não gozou. Tentei fazê-lo gozar no oral, sem sucesso. Não gosto quando o cliente vai embora sem finalizar, mas nem sempre depende de mim. Disse que volta na próxima semana para concluir e …

Diário

O pervertido com carinha de anjo.

Nosso santo bateu já na chegada e rolou no estilo namoradinho. Me fez um oral gostoso por alguns minutos, queria que eu gozasse na sua boca, tarefa um pouco difícil, haha. Retribuí o carinho, mamei seu pau, visitei suas bolas e ele se abriu todinho para que eu fizesse um beijo grego. Fiquei por ali alguns minutos, o safado não aguentou e explodiu. Segundo round iniciado sem dificuldade, calvalguei, ele abocanhou meus seios, atolou o dedo no meu rabo e gozou. Taradinho tranquilo, conversa agradável. Valeu d+!