Diário

O novinho mecânico!


Já na chegada, ele me beijou e levou sua mão à minha garganta fazendo uma pressão, me senti desconfortável, diria um pouco invadida.

Mamei seu pau por alguns minutos e ele gozou na minha boca.

No segundo round, teve mais trabalho para reagir e acabou desanimando no momento de colocar a camisinha. Paramos e trocamos de preservativos diversas vezes. Achei a foda mecânica. Quando apertou minha bunda senti dores por conta de suas unhas. Me deu alguns tapas no bumbum, não curti muito, pois colocou muita pressão. Mudamos de posições inúmeras vezes, e nem consigo me lembrar mais como finalizamos.

Terceiro round demorou também, com idas e vindas como no anterior. Dessa vez fizemos sexo anal. Me coloquei d4 e me comeu por um bom tempo assim, quando mudávamos de posição o negócio não encaixava. Não conseguiu gozar, acho que ele precisaria de mais tempo, mesmo tendo reservado 1 h e meia.

O safado realmente curte mesmo um sexo hardcore, mas precisa dosar a pressão da mão, curtir cada posição. Acho que assiste muito filme pornô.

(1) Comentário

  1. Sim, viciados em pornô vêem sexo como perfomance. Dá pra ver o porquê dele não ter ido tão bem, mesmo você sendo boa no que se propõe a fazer. Considero homens viciados em pornô perigosos, não têm noção de consentimento algum e gostam de ver sofrimento. Tomara que você não tenha que ver esse homem de novo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.