Diário

O novato inconveniente…

Mamei muito seu pau, pedia que eu sugasse suas bolas com toda força que eu conseguisse, eu não sei como não as arranquei fora, e parecia realmente gostar assim. Gostava do oral e beijo babado, mas num determinado momento minha saliva secou. Ficamos um longo período nas preliminares.

Fiz beijo grego, passei o dedo em volta, mas não introduzi.

Primeiro round foi tranquilo, só no vaginal, bem namoradinho. Mas sempre insinuando que seria delicioso me comer sem camisinha, isso me incomodou bastante. Eu sei que o intuito de quem faz esse tipo de comentário, é que a garota faça sem preservativo.

Segundo round: O pau deu trabalho para enrijecer, mas conseguiu comer minha bunda. Na hora não senti nenhum incômodo, porém, no final do dia, eu percebi que havia contundido minha bunda.

Achei o segundo round broxante, foi quando ele pediu para transar no pelo (sem camisinha). Insistiu várias vezes… Me chateia quando os clientes tentam quebrar as regras, eu explico no momento da abordagem o que faço e o que não faço. E está na descrição que eu não transo sem preservativo, ele leu antes de vir. Não custa nada respeitar. Tive que repreendê-lo e finalmente ele se colocou no seu lugar.

O encontro teria tudo para ser legal se ele não fosse tão inconveniente. Não gostei!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.