Diário

O viajante solitário.

Finalmente deu certo de conhecer esse safadinho.

Rolou um beijo já na chegada. E na cama , quando comecei o oral, ele já encontrou um jeito de sair fora para não queimar na largada.

Fez um longo oral, com paciência e maestria explorou toda a região, colocou o dedinho na minha bundinha. Deve ter ficado por ali uns 30 minutos. O safadinho se empenhou bastante em me dar prazer.

Mas também mamei muito seu pau.

Começamos no vaginal e fomos variando as posições. Tentamos fazer anal, mas o pau não colaborou, acabou que nem rolou. Me colocou de  bruços e pediu que eu pressionasse bem as pernas, isso fez com que seu pau entrasse bem apertado e assim ele gozou facilmente.

Segundo round: Dessa vez fui mais intrépida e fiz beijo grego, ousei um pouco mais ao colocar o dedinho. Ele vibrou, gemeu muito, se contorceu todinho e por pouco não gozou novamente. Revelou que foi a primeira vez que isso aconteceu.

Metemos um pouco mais,  o Juninho já dava sinal de cansaço. Tentamos mais uma gozada, infelizmente não funcionou.

Conversamos bastante, homem muito educado e agradável. Gostei!

(1) Comentário

  1. Ivo Souza diz:

    Concordo em se empenhar pra dar muito prazer a parceira e saber que terá muita coisa gostosa com várias experimentações,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *