Diário

O tio do Whatsapp.

Oi, amores. Vim pedir desculpas por ter ficado ausente do blog por tanto tempo. Tenho alguns relatos salvos, e assim que possível estarei postando. Tentarei aparecer mais vezes.

Mesmo ausente das redes sociais, saibam que continuo atendendo.

Conheci esse safadinho, que para fazer agendamento precisou usar o celular do sobrinho, rsrs. Disse que vinha me namorando pela internet há um bom tempo, eis que surgiu um alvará

Nos beijamos logo que ele entrou, e o clima esquentou rapidinho.

Abocanhou meus seios, me fez um oral gostoso, vibrou na marquinha de biquíne minúscula.

No momento da abordagem deixou bem claro que queria sexo anal, só esqueceu de citar que era beeem dotado. Para minha sorte eu estava com muito tesão, e o início do pau dele era mais fino.

Entrou apertado na ppk e ardeu um pouco, aos poucos fui me lubrificando e ficou legal.

Fiquei d4, peguei o vibro clitoriano e fui devorada com vontade. Embarcamos num estilo hard, com muita pressão e vai e vem bem acelerado. Não resisti e gozei, ele continuou me comendo.

Eu tinha esperança de ele não pedir a bundinha, às vezes, ainda me surpreendo com minha ingenuidade.

“Se você não me der a bundinha eu vou passar o dia todo te comendo e não vou gozar.”

Ou seja, o homem só gozava no sexo anal.

Começou me pegando d4, com muita calma foi encaixando, colocando e parando, e aos poucos conseguiu encaixar tudo. Não curti muito a posição. Tentamos de ladinho, mas ainda incomodava. Então me coloquei de bruços e relaxei, nesse momento encaixou legal e pudemos aproveitar um sexo anal de qualidade. Meteu freneticamente, colocou tudo que podia e explodiu.

Metemos bastante, fiquei impressionada com a resistência do safado por conta da idade e do físico.

Imaginei que seria um anal totalmente doloroso, acabou que foi gostoso.

Ele foi um querido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *