Enter your keyword

Um pouco sobre Goiânia e Brasília!

Um pouco sobre Goiânia e Brasília!

Oi amores, esse encontro aconteceu ainda na segunda feira em Goiânia.

Outro ponto positivo de Goiânia, é que os taradinhos são  comprometidos com horário, adoro isso!

 

Foi com um jovem bem tímido, mas, gente boa. Ofereci banho e aceitou. Se o banho durou 2 minutos, foi muito. Sim, eu observo isso também! Nos beijamos e se tremia. Pedi que se acalmasse, paramos e recomeçamos. Desci para fazer o oral, aí a coisa pegou. O pau estava limpo, mas o rabo, esse infelizmente foi deixado de lado no momento do rápido banho. Poxa gente, eu canso de pedir para lavarem a bunda. É desconfortável, ficamos numa saia justa. Mesmo que eu não toque na região, aquele odor de cu, misturado com  suor, é intragável . Com jeitinho, tive de pedir a ele que tomasse outro banho. Tem situações  que não dá para prosseguir. Ele se lavou, mas mesmo assim, peguei o lenço umedecido e passei lá… Agora sim, pude prosseguir. Fiz o oral e ele acabou gozando na minha boca. Segundo round, agora menos tenso. Preliminares, pau duro e metemos mecanicamente, sem muito contato, d4 , ele escolheu assim e desse jeito finalizamos. Sei que não vai gostar do que falei. Mas encare como uma dica. Homens tem o hábito de não lavar a bunda direito. Geralmente os que tem melhor higiene são os depilados na região. Sinto muito mas não curti.

Hoje atendi um novato eventual, que ao fazer contato, tudo o que pediu foi carinho. Fofo! Homem lindo, 1,82 cm, barba bem feita, cheiroso e ainda por cima, um amor. Rolou uma química gostosa, no estilo namoradinho. Muitos beijos e carinho. Ficamos um tempo no sofá, e fomos nos despindo…

Mão aqui e mão ali… Pau duro dentro da calça. Momento de ele tirar a calça e dizer alguma coisa do tipo… Que eu iria ter uma surpresa, alguma coisa assim… Se levantou, tirou a calça e me mostrou o que usava. Então… Fiquei olhando, vi que tinha algo de diferente. A iluminação não colaborou também! E não é todo dia que me aparece homem usando calcinha, foi a primeira vez. Já ouvi falar sobre o assunto , porém, hoje fiquei mais curiosa e fui atrás de algumas fontes, trata-se do Fetichismo Travéstico. Vou postar um vídeo sobre o tema.

Era de algodão, um pouco menor que uma cueca tamanho normal, tinha poucas estampas e dois lacinhos, um de cada lado, localizados na parte  da frente. Então ele foi me contar como surgiu esse fetiche por usar calcinhas, surgiu ainda na sua infância , que teve seus conflitos internos e chegou a duvidar da sua masculinidade. Mas chegou a conclusão que gosta mesmo é de mulher, apesar de nunca ter ficado ou sentido atração por outro homem.

Fomos para a cama e tirei sua calcinha, que por sinal estava muito cheirosa. E começamos a namorar, fiz o oral, em pouco tempo já dizia para eu ir com calma. Não deu outra, acabou gozando na minha boca. Ficamos um tempo nos abraçando, sentindo o corpo um do outro. Tentamos um segundo round, me devorou num oral delicioso, mas não conseguimos pela segunda vez. Acho que ele queria mesmo, era ficar ali colado. Foi um encontro delicioso, pessoa maravilhosa. Apesar do curto tempo, conseguimos conversar bastante. Adorei tudo!

LEAVE COMMENT

Your email address will not be published.